segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Porque Haddad assusta tanto – “Que medo você tem de nós, olha aí*”

Entenda o cerco ao ME e ao ENEM: quem 'elles' querem atingir é Haddad!
O ENEM e o Ministério da Educação sofrem nos últimos dias violento ataque da velha mídia.
A liminar concedida a todos os estudantes que fizeram o último ENEM para revisão de suas redações, proferida pela justiça (?) do Ceará acompanha este ataque, com direito da declaração que se estaria “abrindo a caixa preta” do ENEM.
Mas o ataque é pelos mais diversos meios, sobrando até para a minissérie “Brado Retumbante” um ministro ‘coincidentemente’ da Educação, questionado pela ‘primeira-dama’ sobre sua honestidade e sobre livros didáticos, com respingos em sindicalistas e outros movimentos sociais.

A polêmica sobre as redações se restringem ao ENEM, não se tendo notícias de outras instituições - inclusive a USP - sendo questionadas neste quesito sempre tão polêmico.
Mas porque Haddad está no centro desta ‘tormenta’?
Ele não está na rabeira na pesquisa eleitoral deste ano?
Sim, está, mas é preciso que sua magnífica gestão frente ao ME seja turvada. A direita lembra muito bem que Dilma iniciou sua caminhada com índices parecidos com os atuais do Ministro e chegou ao Palácio da Alvorada com serenidade.
E São Paulo é a jóia da coroa do PSDB/DEM (PSD?), tão conturbada com inúmeros fatos relevantes que a tornaram centro de discórdia: Pinheirinho, a mais recente; cracolândia também próxima; USP; enchentes constantes (ah, este São Pedro...)
Esta mesma mídia que nunca engoliu o ENEM, por tirar da elite suas vagas cativas nas Universidades, agora se levanta reclamando do cancelamento do 2º ENEM que estava programado para Abril de 2012.
Esta mídia vai continuar os ataques, Ministro Haddad, e certamente com seu ‘compromisso com a verdade’ e sua ‘isenção política’ habituais.
Isto nos indica claramente que elles viram o que LULA já tinha visto, ao indicar Haddad para concorrer: suas reais condições de vitória!
Ao PT de Sumpa digo que não caia no canto de sereia do Kassab e do ‘novo’ PSD: “Dize-me com quem andas, que te direi quem és!”
Luiz Antonio Franke Settineri - SAROBA
*da música Pesadelo - Maurício Tapajós e Paulo César Pinheiro

Um comentário:

A wild Garden disse...

Viemos aqui implorar a Presidente Dilma que ajude o povo do Tibet, criando um espaço para abrigá-los no Brasil, já que estão sofrendo genocídio por parte dos Chineses!